Tríduo em Preparação a Festa da Santíssma Trindade

TRÍDUO EM PREPARARÃO A FESTA DA SANTÍSSIMA TRINDADE

Oração Inicial para os três dias

Santíssima Trindade Vós estais presente dentro de mim, curando-me, capacitando-me, dando-me vida em plenitude e tornando-me semelhante a Jesus. Com profunda reverência, venho vos agradecer e me abandonar em vós. Meu Senhor e meu Deus, eu vos desejo acima de tudo e me entrego inteiramente a vós para que retireis de mim tudo o que não vos pertence, mergulhando-me em vosso Santo Espírito. 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Oração final para os três dias

Que Deus, nosso Pai nos abençoe e nos proteja como seus filhos e filhas. 
Que Deus Filho nos ilumine com a sua graça e nos dê a sua paz. 
Que Deus Espírito Santo visite, conforte e santifique nossos corações para que possamos contemplar a glória de Deus por toda a eternidade.

Que o poder do Pai nos fortaleça, que a sabedoria do Filho nos ilumine, e o amor do Espírito Santo nos anime agora e sempre. Amém.

Viva Deus Uno e Trino.....


1º dia: DEUS COMUNHÃO E NÃO SOLIDÃO

1. Oração Inicial

2.  Foi-nos dito que o dogma da Trindade é o mais importante de nossa fé católica; no entanto, a imensa maioria dos cristãos não consegue compreender o que ele quer dizer. Com a Trindade, nós cristãos não queremos “multiplicar” Deus. O que queremos é expressar a experiência singular de que Deus é comunhão e não solidão. “No princípio está a comunhão dos TRÊS e não a solidão do UM” (L. Boff).
Aproximar-nos do Deus de Jesus é descobrir a Trindade. E em cada um de nós a Trindade deixa-se refletir. Nossa vida deveria ser um espelho que em todo momento refletisse o mistério da Trindade. O grande ensinamento da Trindade é que só vivemos, se convivemos.
Viver a experiência do Deus Trino implica saber com-viver; fomos feitos para o encontro e a comunicação. Estamos, portanto, falando de uma única realidade que é relação.
Deus-Trindade é a relacionalidade por excelência; Deus só existe como ser em relação; Deus é só relação, porque Deus é so amor. “No princípio está a relação” (G. Bachelard).
E sendo Deus essencialmente relação, não poderia permanecer fechado n’Ele mesmo;  num gesto de pura gratuidade,  essa relação se manifesta como transbordamento de vida, chamando toda a Criação à existência   e convidando a  humunidade a entrar no fluxo dessa relação trinitária.

3. Reflexão:

1) Como  minha vida esta refletindo a Trindade?

2) “Viver a experiência do Deus Trino implica saber com-viver”. Refletir sobre essa afirmação e partilhar.

4. Preces: espontânea

5. Pai Nosso

6. Oração Final

 

2º dia:  TRINDADE IMPULSO DE COMUNHÃO

1. Oração Inicial

2.  Felizes aqueles que descobrem que a Trindade não é um mistério incompreensível, mas a cotidiana experiência do Amor, a partir de uma vida encarnada em nossa história, com um respiro, um ânimo e uma paixão especial por continuar vivendo cada dia com os mesmos sentimentos de Jesus, junto a tantas pessoas que trabalham por outro mundo mais fraterno, justo e solidário. A Trindade é o espelho que nos mostra como devemos ser e viver à luz da “melhor Comunidade”.

Ora, tal Mistério fonte de todo ser, constitui o modelo ideal de todo e qualquer convívio humano. Somos feitos à “imagem e semelhança da Trindade”.  Trazemos em nós impulsos de comunhão.

Sempre que construirmos relações pessoais e sociais que facilitem a circulação da vida, a comunhão de diferentes à base da igualdade, estaremos tornando visível um pouco do mistério íntimo de Deus.

Deus quer inserir-nos nesta sua comunhão eterna, como no-lo disse Jesus: “Que todos sejam um como Tu, Pai, estás em mim, e eu em Ti. Que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que Tu me enviaste”  (Jo. 17,21).

3. Reflexão:

• Na comunidade como percebo que a  Trindade é o espelho que nos mostra como devemos ser e viver à luz da “melhor Comunidade” (reflexão pessoal e partilha)

4. Preces: espontânea

5. Pai Nosso

6. Oração Final

 

3º dia:  TRINDADE EXPANSÃO DO AMOR REDENTOR

1. Oração Inicial

2.  Portanto, Trindade é a glória de Deus que se expressa na vida da humanidade; é o Amor mútuo, a comunhão pessoal, de Palavra (Filho) e de Afeto (Espírito Santo) que sustenta as relações entre os seres humanos. Assim é a Trindade na terra: quando todos compartilham a vida e se amam.

Não crê na Trindade quem simplesmente professa que há “em Deus três pessoas”, ou quem faz mecanicamente o sinal da Cruz, mas aquele que vive o impulso e a expansão do Amor Redentor, que se expressa como compaixão, reconciliação e compromisso. Crer na Trindade é amar de um modo ativo, como dizia S. Agostinho. Contempla-se a Trindade ali onde nos amamos e nos comprometemos com a libertação do próximo. Estamos envolvidos pelo mesmo movimento do Amor sem fim que parte do Pai, passa pelo filho e se consuma no Espírito.

Só quem tem coração solidário adora um Deus Trinitário, pois no compromisso libertador torna-se visível a presença trinitária.

3. Reflexão:

• Em quê aspectos concretos de sua vida se manifesta o mistério do Deus trinitário como amor e vida?

• Sua comunidade é sinal e instrumento de salvação de Deus Trindade, através da iniciativa do amor (Pai), da entrega radical (Filho) e da abertura à novidade dos caminhos de Deus (Espírito)?

4. Preces: espontânea

5. Pai Nosso

6. Oração Final

 

 

REDES SOCIAIS

Convento Santíssima Trindade

REDES

PASTORAL VOCACIONAL

EVANGELHO

CONHEÇA O VIVAT

Vida Missionária

ESPAÇO ABERTO

ACESSE SEU WEBMAIL

Newsletter

SSpS - Missionárias Servas do Espírito Santo - Província Stella Matutina - Todos os direitos reservados
Rua São Benedito, 2146 - Santo Amaro - São Paulo - SP | Tel. (11) 5687-7229